Sistemas para Internet

Matriz curricular

Grade de SI

Ementas das disciplinas

WEB DESIGN I (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (30 teóricas, 50 práticas).

Ementa: Introdução ao design digital para Web. Criação e controle de imagens estáticas e ilustrações para utilização na Web. Conceitos básicos de edição de imagens para sites e mídias sociais.

Objetivos: Apresentar as bases para a criação e controle de imagens e ilustrações na Web. Projetar artes e layouts utilizando aplicativos de design digital adequados ao uso para a Web. Compreender as diferentes tecnologias que podem ser usadas para a criação e o controle de imagens e ilustrações (rasterizadas e vetoriais). Estudar aspectos básicos de design, tais como contraste, repetição e padronização, alinhamento e proximidade, procurando identificá-los nos sites ativos da Web. Avaliar a importância das cores e como combiná-las para um design mais atraente. Reconhecer diferentes tipos de fontes. Aprender a projetar conteúdos com dimensões e detalhes específicos para cada mídia digital, seja um site ou uma publicação em rede social. Os estudantes deverão ser capazes de: conhecer os recursos essenciais de aplicativos de design, para a criação e o controle de imagens e ilustrações; projetar páginas da Web em aplicativos de design, simulando cada elemento de design com dimensões e aspectos; tomar decisões de design que guiem o desenvolvimento Web na construção de sites, alinhando-se ao Projeto Integrador I.

Bibliografia básica:

ADOBE. Guia do Usuário do Adobe Illustrator. 2018. Disponível em: <https://helpx.adobe.com/br/illustrator/user-guide.html>. Acesso em: 17 dez. 2018.

ADOBE. Guia do Usuário do Adobe Photoshop. 2018. Disponível em: < https://helpx.adobe.com/br/photoshop/user-guide.html>. Acesso em: 17 dez. 2018.

AMBROSE, G; HARRIS, P. Fundamentos de Design Criativo. 2 ed. Bookman, 2012.

FRASER, T; BANKS, A. O Guia Completo da Cor. 2 ed. Editora Senac São Paulo, 2007.

LUPTON, E. Pensar com Tipos. Gustavo Gili, 2018.

WILLIAMS, R. Design para Quem Não é Designer: Princípios de Design e Tipografia para Iniciantes. 4 ed. Callis, 2013.

Bibliografia complementar:

BEAIRD, J; GEORGE, J. Princípios do Web Design Maravilhoso. 3 ed. Alta Books, 2016.

CARROLL, H. Leia Isto se Quer Tirar Fotos Incríveis. Gustavo Gili, 2014.

FARINA, M; PEREZ, C; BASTOS, D. Psicodinâmica das Cores em Comunicação. 6 ed. Blucher, 2011.

KANE, J. Manual dos Tipos. Gustavo Gili, 2011.

WOLF, P. J. Design Gráfico: um Dicionário Visual de Termos para um Design Global. Blucher, 2011.

CRIAÇÃO DE SITES I (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (20 teóricas, 60 práticas).

Ementa: Sintaxe do HTML e do CSS. Fundamentos de HTML e CSS aplicados ao Web Design. Validação do HTML. Formulários e estruturação de páginas Web. Boas práticas com HTML e CSS. Ferramentas para publicação de projetos Web.

Objetivos: Apresentar os fundamentos do HTML (Hypertext Markup Language) com ênfase na semântica do uso dos elementos e nos benefícios do emprego de padrões de codificação. Demonstrar uso do CSS (Cascading Style Sheets) para separar conteúdo e apresentação, de modo a organizar o desenvolvimento e as habilidades de design. Os estudantes deverão ser capazes de: construir páginas Web por meio do HTML e validá-las no validador do W3C, quando for o caso; empregar o CSS para estilizar todas as apresentações; estruturar layouts com formulários; criar uma estrutura de diretórios adequada para páginas Web, visando a facilidade de manutenção; conhecer mecanismos de publicação dos arquivos desenvolvidos; criar um conjunto de páginas com todos os elementos de design, HTML e CSS estudados até o momento, alinhando-se ao Projeto Integrador I.

Bibliografia básica:

PETRUCELLI, E. E. HTML5, CSS e JavaScript. NT Editora, 2019.

ROBSON, E; FREEMAN, E. Use a Cabeça! HTML e CSS. 2. ed. Alta Books, 2015.

SILVA, M. S. HTML5: A Linguagem de Marcação que Revolucionou a Web. 2. ed. Novatec, 2014.

Bibliografia complementar:

DUCKETT, J. Introdução à Programação Web com HTML, XHTML e CSS. Ciência Moderna, 2010.

GANNELL, G. O Guia Essencial de Web Design com CSS e HTML. Ciência Moderna, 2009.

MEYER, E. CSS Pocket Reference. 5. ed. O'Reilly, 2018.

MEYER, E. Smashing CSS: Técnicas Profissionais para um Layout Moderno. Bookman, 2011.

ROBBINS, J. N. HTML5 Pocket Reference. 5. ed. O'Reilly, 2013.

ZELDMAN, J. Designing with Web Standards. New Riders, 2009.

INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (50 teóricas, 30 práticas).

Ementa: Fundamentos de arquitetura da informação e percepção visual. Paradigmas de interação humano-computador. Levantamento de requisitos para arquitetura da informação. Design de navegação através de fluxogramas e de storyboards. Estruturação de mapas de sites. Design de interação. Design da experiência do usuário (UX). Padrões de design de interação e guias de estilo de plataformas e frameworks front-end modernos. Conceitos e métodos de prototipagem para Web. Tipos de protótipos, mockups e wireframes. Prototipação ágil. Apresentação de protótipos para clientes. Criação de protótipos interativos e navegáveis.

Objetivos: Apresentar visão geral da área de interação homem-computador, discutindo fundamentos e analisando/implementando processos de desenvolvimento de interfaces de usuário por meio de técnicas de arquitetura de informação e de design de interação, alinhadas às tendências mais recentes de design da experiência do usuário (UX) e de prototipagem para Web, tipos de protótipos e briefing para prototipagem. Os estudantes deverão ser capazes de: identificar necessidades e propor soluções de navegação e de interação para clientes hipotéticos e/ou reais; estruturar a navegação de sites e sistemas; criar mapas de sites; alinhar conceitos de web design com navegação e interação; conhecer guias de estilo e escolher entre frameworks front-end modernos, entregando uma experiência do usuário (UX) diferenciada; criar protótipos interativos navegáveis; apresentar protótipos funcionais para clientes; aplicar os conceitos estudados de forma prática alinhando-se ao Projeto Integrador I.

Bibliografia básica:

AGNER, L. Ergodesign e Arquitetura de Informação: Trabalhando com o Usuário. 3. ed. Quartet Editora, 2012.

BARBOSA, S. D. J; SILVA, B. S. Interação Humano-Computador. Campus, 2010.

ROGERS, Y; SHARP, H; PREECE, J. Design de Interação: Além da Interação Humano-Computador. 3. ed. Bookman, 2013.

Bibliografia complementar:

CAMARGO, L. S. A; VIDOTTI, S. A. B. G. Arquitetura da Informação. LTC, 2011.

GOTHELF, J; SEIDEN, J. Lean UX: Designing Great Products with Agile Teams. O'Reilly, 2016.

GOTHELF, J; SEIDEN, J. Lean UX: Designing Great Products with Agile Teams. O'Reilly, 2016.

PADOVANI, S; MOURA, D. Navegação em Hipermídia. Ciência Moderna, 2008.

TIDWELL, J. Designing Interfaces: Patterns for Effective Interaction Design. O'Reilly, 2010. Disponível em: <http://designinginterfaces.com/firstedition/>. Acesso em: 18 jul. 2018.

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (30 teóricas, 50 práticas).

Ementa: Fundamentos da lógica de programação. Tipos de dados e variáveis. Álgebra booleana. Operadores aritméticos, relacionais e lógicos. Estruturação de programas: sequencial, condicional e com repetição. Funções e passagem de parâmetros. Variáveis compostas homogêneas: vetores e matrizes. Tipos de algoritmo para representação da lógica: linguagem natural, pseudocódigo e fluxograma. Aplicação prática dos conceitos discutidos através de linguagem de programação executável em navegadores Web.

Objetivos: Iniciar a formação em programação de computadores, introduzindo os conceitos de lógica de programação por meio de uma linguagem facilitadora do aprendizado, de amplo emprego no mercado e executável em navegadores Web. Demonstrar diferentes maneiras de representar a lógica através de algoritmos em linguagem natural, em pseudocódigo e em fluxograma. Os estudantes deverão ser capazes de: desenvolver as habilidades básicas de programação de computadores, aplicando os conceitos estudados de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador I.

Bibliografia básica:

FARRELL. Lógica e Design de Programação: Tradução da 5ª Edição Norte-Americana. Cengage Learning, 2009.

FORBELLONE, A. L. V. Lógica de Programação. 3. ed. Prentice Hall, 2005.

SOUZA, M. A. F. et al. Algoritmos e Lógica de Programação. 2. ed. Cengage Learning, 2013.

Bibliografia complementar:

ASCENCIO, A. F. G; CAMPOS, E. A. V. Fundamentos da Programação de Computadores. 2. ed. Longman, 2007.

CORMEN, T; LEISERSON, C; RIVEST, R. Algoritmos. Elsevier, 2017.

DEITEL, H; DEITEL, P. C. Como Programar. 6. ed. Pearson, 2011.

DEITEL, H; DEITEL, P. Java: Como Programar. 8. ed. Pearson, 2010.

GALUPPO, F; MATHEUS, V; SANTOS, W. Desenvolvendo com C#. Bookman, 2004.

IEPSEN, E. F. Lógica de Programação e Algoritmos com JavaScript. Novatec, 2018.

MANZANO, J. G; OLIVEIRA, J. Algoritmos: Lógica para Programação de Computadores. 23. ed. Érica, 2010.

PETRUCELLI, E. E. HTML5, CSS e JavaScript. NT Editora, 2019.

SOARES, M. et al. Algoritmos e Lógica de Programação. Cengage, 2011.

GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (50 teóricas, 30 práticas).

Ementa: Definições de projeto segundo o PMBOK (Project Management Body of Knowledge) e os principais autores da área. O ciclo de vida de projetos (concepção, programação, execução, controle e encerramento). Componentes de projetos: projeto, clientes e equipe. Dimensões da gestão de projetos: integração, escopo, tempo, custos, riscos, recursos humanos, comunicação e qualidade. Fatores de sucesso e insucesso em projetos de software e sua mensuração por meio dos estudos de caso. Melhores práticas de gestão de projetos de software.

Objetivos: Apresentar conceitos de gerenciamento de projetos de software, bem como as técnicas, métodos e ferramentas para uma gestão eficaz de projetos nas suas diferentes facetas, discutindo gestão de equipes multidisciplinares em design e desenvolvimento de projetos para a Web. Os alunos deverão ser capazes de: compreender as habilidades essenciais nas fases fundamentais de projetos de software; estimar e projetar orçamentos, cronogramas e escopo, buscando a garantia de sucesso do projeto; demonstrar competências para gerenciamento e atuação em equipes; elaborar documentação técnica de projetos nos padrões recomendados, com aplicação prática das competências, alinhando-se ao Projeto Integrador I.

Bibliografia básica:

DINSMORE, P. C; CABANIS-BREWIN, J. AMA: Manual de Gerenciamento de Projetos. 3. ed. Brasport, 2009.

GUTERMAN, D. et al. Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos. 5. ed. Saraiva, 2014.

PRESSMAN, R. S. Engenharia de Software: Uma Abordagem Profissional. 7. ed. Bookman, 2011.

Bibliografia complementar:

BRUZZI, Demerval Guilarducci. Gerência de Projetos. SENAC, 2008.

JOIA, L. A. Gerenciamento de Riscos em Projetos. Editora FGV, 2013.

PRESSMAN, R. S; LOWE, D. Engenharia Web. LTC, 2009.

INGLÊS I (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Introdução às habilidades de compreensão e produção oral e escrita por meio de funções comunicativas e estruturas simples da língua. Ênfase na oralidade, atendendo às especificidades da área e abordando aspectos socioculturais.

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de: compreender e produzir textos simples orais e escritos; apresentar-se e fornecer informações pessoais e corporativas, descrever áreas de atuação de empresas; anotar horários, datas e locais; reconhecer a entoação e o uso dos diferentes fonemas da língua; fazer uso de estratégias de leitura e de compreensão oral para entender o assunto tratado em textos orais e escritos da sua área de atuação; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador I.

Bibliografia básica:

HUGES, J. et al. Business Result: Elementary. Student Book Pack. Oxford University Press, 2012.

IBBOTSON, M; STEPHENS, B. Business Start-up: Student Book 1. Cambridge University Press, 2015.

OXENDEN, C; LATHAM-KOENIG, C. American English File: Student’s Book 1. Oxford University Press, 2008.

Bibliografia complementar:

BARNARD, R; CADY, J; DUCKWORTH, M; TREW, G. Business Venture: Student Book 1 with Practice for the TOEIC Test. Oxford University Press, 2009.

CARTER, R; NUNAN, D. Teaching English to Speakers of Other Languages. Cambridge University Press, 2015.

COTTON, D. et al. Market Leader: Elementary. Student’s Book with Multi-Rom. 3. ed. Pearson Education, 2012.

LONGMAN. Dicionário Longman Escolar para Estudantes Brasileiros: Português-Inglês/Inglês-Português com CD-Rom. 2. ed. Atualizado com as Novas Regras de Ortografia. Pearson Education, 2008.

MURPHY, R. Essential Grammar in Use: CD-Rom with Answers. 3. ed. Cambridge, 2007.

RICHARDS, J. C. et al. New Interchange: Student Book 1. Cambridge University Press, 2008.

PROJETO INTEGRADOR I (2)

Tema: Construção de sites estáticos.

Aulas semestrais: 40 aulas (0 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Desenvolvimento de site estático em HTML e CSS, sem a utilização de frameworks, preferencialmente oferecendo algum tipo de validação utilizando JavaScript. Integrar, de forma prática, os conceitos e competências das demais disciplinas do primeiro semestre.

Objetivos: Discussão de possíveis temas, definição dos projetos, acompanhamento do desenvolvimento, cuidando para que a integração com as outras disciplinas do primeiro semestre ocorra de forma adequada. Os estudantes deverão ser capazes de: trabalhar em equipe para definição e gerenciamento do projeto; controlar o tempo empregado para desenvolvimento da solução, integrando os conhecimentos adquiridos até o momento nas demais disciplinas; realizar as entregas nos prazos estabelecidos; desenvolver integralmente o projeto proposto; realizar apresentação do projeto ao final das atividades, inclusive para outras turmas e outros possíveis interessados, a critério dos docentes envolvidos e da coordenação.

WEB DESIGN II (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (30 teóricas, 50 práticas).

Ementa: Introdução à edição de vídeo e de animação digitais. Uso de recursos de interatividade e multimídia em páginas da Web.

Objetivos: Apresentar as bases para a criação e o controle de vídeos e animações na Web. Projeção de conteúdos que permitam a interatividade por parte dos usuários. Controle de recursos multimídia avançados. Aprender a utilizar aplicativos de edição de vídeo e de animação para implementação em páginas e sistemas da Web. Aplicar imagens e ilustrações no desenvolvimento de conteúdos em movimento. Conhecer os formatos de arquivo suportados na Web, bem como suas configurações, para a gravação de vídeos e animações otimizadas. Os estudantes deverão ser capazes de: projetar conteúdos multimídia para diferentes tipos de saída, como páginas Web ou publicações em mídias sociais; projetar e aplicar vídeos e conteúdos multimídia em sites, alinhando-se ao Projeto Integrador II.

Bibliografia básica

ADOBE. Premiere Pro 2.0: Guia Autorizado Adobe. 3. ed. Elsevier, 2011.

ADOBE CREATIVE TEAM. Adobe InDesign CS5 Classroom in a Book. Bookman, 2011.

ROBBINS, J. N. Aprendendo Web Design. Bookman, 2010.

Bibliografia complementar

HALAS, J; SITO, T; WHITAKER, H. Timing em Animação. Campus, 2011.

MUNARI, B. Design Industrial e Gráfico. Martins Editora, 2011.

SCHELL, J. A Arte de Game Design: O Livro Original. Campus, 2010.

STANCHFIELD, W. Dando Vida a Desenhos. Campus, 2011.

VIEIRA, A. S. Adobe InDesign CS5: Guia Prático e Visual para Profissionais e Amadores. Alta Books, 2011.

WOLF, P. J. Design Gráfico: Um Dicionário Visual de Termos. Edgard Blucher, 2011.

CRIAÇÃO DE SITES II (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (20 teóricas, 60 práticas).

Ementa: HTML avançado: dados tabulares complexos, elementos semânticos, incorporação de mídia. CSS avançado: seletores avançados, pseudo-classes, pseudo-elementos, importação de fontes personalizadas, estilização avançada de formulários, técnicas de posicionamento, layout em blocos flexíveis (Flexible Box Layout Module) e em grade (Grid Layout Module). Internacionalização (i18n).

Objetivos: Apresentar técnicas avançadas de HTML e CSS para criação de páginas Web semânticas, visualmente e funcionalmente sofisticadas, em conformidade com o W3C. Os estudantes deverão ser capazes de: escolher técnicas de estilização adequadas às necessidades; desenvolver utilizando códigos semânticos e portáveis; projetar layouts preparados para diversos dispositivos e resoluções (responsivos); preparar o HTML para internacionalização; criar um conjunto de páginas com todos os elementos de design, HTML e CSS estudados até o momento, alinhando-se ao Projeto Integrador II.

Bibliografia básica:

POLLOCK, J. T. Web Semântica para Leigos. Starlin Alta Consult, 2010.

ROBSON, E; FREEMAN, E. Use a Cabeça! HTML e CSS. 2. ed. Alta Books, 2015.

SILVA, M. S. HTML5: A Linguagem de Marcação que Revolucionou a Web. 2. ed. Novatec, 2014.

Bibliografia complementar:

GANNELL, G. O Guia Essencial de Web Design com CSS e HTML. Ciência Moderna, 2009.

KEITH, J. HTML5 for Web Designers. A Book Apart, 2010.

MEYER, E. CSS Pocket Reference. 5. ed. O'Reilly, 2018.

MEYER, E. Smashing CSS: Técnicas Profissionais para um Layout Moderno. Bookman, 2011.

ROBBINS, J. N. HTML5 Pocket Reference. 5. ed. O'Reilly, 2013.

SILVA, M. S. Web Design Responsivo. Novatec, 2014.

PROGRAMAÇÃO DE SITES (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (30 teóricas, 50 práticas).

Ementa: História do JavaScript e do ECMAScript. Fundamentos da linguagem e sua estrutura léxica, sintática e semântica. Execução de JavaScript na Web e as ferramentas de depuração. Objetos nativos essenciais: String, Number, Math, Date, Array e RegExp. Criação de objetos dinâmicos, notação de classes e JSON. Manipulação do Document Object Model (DOM). Melhores práticas de interação com páginas Web através de scripts. Utilização de bibliotecas JavaScript. Introdução a AJAX.

Objetivos: Apresentar a linguagem JavaScript como ferramenta fundamental de manipulação de páginas Web, seus principais recursos e aplicações práticas na Web. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender e aplicar a linguagem JavaScript no desenvolvimento front-end; criar funcionalidades interativas para páginas Web através da linguagem; avaliar e escolher bibliotecas JavaScript conforme a necessidade; compreender os conceitos básicos de comunicação com back-end através de AJAX e JSON; utilizar JavaScript em conjunto HTML e CSS para implementar a interação em conjunto de páginas criadas até o momento, alinhando-se ao Projeto Integrador II.

Bibliografia básica:

NIERADKA, I. P. JavaScript + CSS + DOM: Desenvolvimento para Web. Nova Terra, 2014.

SILVA, M. S. JavaScript: Guia do Programador. Novatec, 2010.

YANK; ADAMS. Só JavaScript: tudo o que você precisa saber sobre JavaScript a partir do zero. Bookman, 2009.

Bibliografia complementar:

GRONER, L. Estruturas de Dados e Algoritmos em JavaScript. Novatec, 2017.

HAVERBEKE, M. Eloquent JavaScript: A Modern Introduction to Programming. 3. ed. No Starch Press, 2018.

RAUSCHMAYER, A. Speaking JavaScript. O'Reilly, 2014.

RESIG, J; BIBEAULT, B. Segredos do Ninja JavaScript. Novatec, 2013.

SCHMITZ, D; GEORGII, D. Vue.js na Prática. LeanPub, 2016.

SILVA, M. S. jQuery: a biblioteca do programador JavaScript. 3. ed. Novatec, 2014.

ZAKAS, N. C. Princípios de Orientação a Objetos em JavaScript. Novatec, 2014.

OTIMIZAÇÃO PARA BUSCAS (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (20 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Introdução a SEO. Técnicas de HTML para SEO. Microdados. Vertentes de otimização: black hat e white hat. Boas práticas de otimização sites. Ferramentas de análise de tráfego e comportamento de busca. Estratégias de conteúdo para potencializar as ações. Otimização para exposição em mídias sociais.

Objetivos: Explorar estratégias que direcionam o tráfego para um site, ajudam os usuários a encontrar conteúdo dentro deste e encorajam o retorno. Discutir métodos de encontrabilidade e otimização para mecanismos de busca, ou seja, Search Engine Optimization (SEO), agregados a estratégias de marketing digital, análise de tráfego e teoria em torno do comportamento de busca. Apresentar as relações entre usabilidade, acessibilidade, arquitetura da informação, marketing e encontrabilidade, a fim de possibilitar a implementação de estratégias para a criação de conteúdo encontrável, inclusive para buscas e exposição orgânica em mídias sociais. Os estudantes deverão ser capazes de: identificar oportunidades de melhorias no posicionamento em ferramentas de busca e em mídias sociais, aplicando os conceitos de encontrabilidade; realizar melhorias em projetos desenvolvidos ou em desenvolvimento, seguindo as boas práticas de SEO, alinhando-se ao Projeto Integrador II.

Bibliografia básica:

ENGE, E. et al. A Arte de SEO: Dominando a Otimização dos Mecanismos de Busca. Novatec, 2012.

FELIPINI, D. Google Top 10: Como Colocar seu Site ou Blog na Primeira Página do Google. Brasport, 2010.

GABRIEL, M. Marketing na Era Digital: Conceitos, Plataformas e Estratégias. Novatec, 2010.

Bibliografia complementar:

ALMEIDA, A. SEO Prático: Seu Site na Primeira Página das Buscas. Casa do Código, 2015.

GABRIEL, M. C. C. SEM e SEO: Dominando o Marketing de Busca. Novatec, 2012.

LEDFORD, J. L. SEO: Search Engine Optimization Bible. John Wiley, 2011. (Bible Series, Book 584).

ACESSIBILIDADE (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (20 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Padrões Web para acessibilidade de sites. Acessibilidade Web universal. Leis federais e estaduais de acessibilidade. Tecnologias assistivas. Acessibilidade no HTML e no CSS. Testes de acessibilidade. Dispositivos de multimídia acessíveis. Separação em camadas: conteúdo, apresentação e comportamento. Acessibilidade em dispositivos móveis.

Objetivos: Demonstrar a importância da acessibilidade na Web. Discutir e aplicar técnicas de codificação em HTML e CSS. Avaliar acessibilidade relacionada a softwares de uso comum, scripts e dispositivos móveis. Os estudantes deverão ser capazes de: refletir sobre acessibilidade universal e tecnologias acessíveis; avaliar acessibilidade de softwares e sites existentes; projetar, criar e testar páginas Web para o cumprimento das diretrizes de acessibilidade e os requisitos legais, alinhando-se ao Projeto Integrador II.

Bibliografia básica:

NICÁCIO, J. M. Técnicas de Acessibilidade: Criando uma Web para Todos. Edufal, 2010.
SILVA, M. S. HTML5: A Linguagem de Marcação que Revolucionou a Web. 2. ed. Novatec, 2014.

VANCIM, A. R; NEVES, F. F. Marco Civil da Internet. Mundo Jurídico Editora, 2014.

Bibliografia complementar:

BURKS, M. R. Desenho Universal. Annablume, 2010.

SCHLUNZEN, E. Tecnologia Assistiva: Projetos, Acessibilidade e Educação à Distância. Paco Editorial, 2011.

THATCHER, J. et al. Pro HTML5 Accessibility. Springer Verlag, 2012.

MATEMÁTICA DISCRETA (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (60 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Lógica. Teoria dos conjuntos. Matrizes. Determinantes. Grafos. Relação. Função. Recursividade. Indução.

Objetivos: Apresentar os fundamentos da matemática aplicada ao contexto do curso. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender a matemática discreta como ciência do não contínuo; conhecer as aplicações na área computacional; compreender e utilizar softwares e aplicativos como ferramentas auxiliares à resolução de problemas; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador II.

Bibliografia básica:

GERSTING, J. L. Fundamentos Matemáticos para a Ciência da Computação. 5. ed. LTC, 2004.

MENEZES, P. B. Matemática Discreta para Computação e Informática, 3. ed. Bookman, 2010.

SCHEINERMAN, E. R. Matemática Discreta: uma Introdução. Cengage Learning, 2008.

Bibliografia complementar:

BOAVENTURA NETTO, P. O. Grafos: Teoria, Modelos, Algoritmos. Edgard Blucher, 2006.

BOAVENTURA NETTO, P. O; JURKIEWICZ, S. Grafos: Introdução e Prática. Edgard Blucher, 2009.

GARCIA LOPEZ, J. et al. Aprendendo Matemática Discreta com Exercícios. v. 19. Bookman, 2009.

HRUSCHKA JR, E; NICOLETTI, M. Fundamentos da Teoria dos Grafos para Computação. EDUFSCAR, 2007.

HUNTER, D. J. Fundamentos de Matemática Discreta. 1. ed. LTC, 2011.

LIPSCHUTZ, S; LIPSON, M. Matemática Discreta. Bookman, 2004.

MERRIS, R. Graph Theory. John Wiley & Sons, 2000.

ROSEN, K. H. Matemática Discreta e suas Aplicações. McGraw-Hill, 2009.

SULLIVAN, M; MIZRAHI, A. Matemática Finita: uma Abordagem Aplicada. LTC, 2006.

INGLÊS II (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Apropriação de estratégias de aprendizagem (estratégias de leitura, de compreensão e de produção oral e escrita) e repertório relativo a funções comunicativas e estruturas linguísticas apresentadas na disciplina anterior com o intuito de utilizar essas habilidades nos contextos pessoal, acadêmico e profissional. Ênfase na oralidade, atendendo às especificidades da área e abordando aspectos socioculturais.

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de: compreender e produzir textos orais e escritos; fazer pedidos (pessoais ou profissionais), descrever rotina de trabalho, atender telefonemas, dar e anotar recados simples ao telefone, redigir notas e mensagens simples; reconhecer a entoação e o uso dos diferentes fonemas da língua, fazer uso de estratégias de leitura e compreensão oral para entender pontos principais de textos orais e escritos da sua área de atuação; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador II.

Bibliografia básica:

HUGES, J. et al. Business Result: Elementary. Student Book Pack. Oxford University Press, 2012.

IBBOTSON, M; STEPHENS, B. Business Start-up: Student Book 1. Cambridge University Press, 2015.

OXENDEN, C; LATHAM-KOENIG, C. American English File: Student’s Book 1. Oxford University Press, 2008.

Bibliografia complementar:

BARNARD, R; CADY, J; DUCKWORTH, M; TREW, G. Business Venture: Student Book 1 with Practice for the TOEIC Test. Oxford University Press, 2009.

CARTER, R; NUNAN, D. Teaching English to Speakers of Other Languages. Cambridge University Press, 2015.

COTTON, D. et al. Market Leader: Elementary. Student’s Book with Multi-Rom. 3. ed. Pearson Education, 2012.

LONGMAN. Dicionário Longman Escolar para Estudantes Brasileiros: Português-Inglês/Inglês-Português com CD-Rom. 2. ed. Atualizado com as Novas Regras de Ortografia. Pearson Education, 2008.

MURPHY, R. Essential Grammar in Use: CD-Rom with Answers. 3. ed. Cambridge, 2007.

RICHARDS, J. C. et al. New Interchange: Student Book 1. Cambridge University Press, 2008.

PROJETO INTEGRADOR II (2)

Tema: Construção de site responsivo com front-end interativo.

Aulas semestrais: 40 aulas (0 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Desenvolvimento de site totalmente responsivo, possivelmente utilizando frameworks, empregando soluções interativas - validações de formulários, banners rotativos, galerias de fotos, ou seja, interações com o usuário através de JavaScript e manipulação do Document Object Model. Integrar, de forma prática, os conceitos e competências das demais disciplinas do segundo semestre.

Objetivos: Definição dos projetos, preferencialmente para continuidade do que foi conduzido no semestre anterior. Acompanhamento do desenvolvimento, cuidando para que a integração com as outras disciplinas do segundo semestre ocorra de forma adequada. Os estudantes deverão ser capazes de: trabalhar em equipe para o gerenciamento do projeto; controlar o tempo empregado para desenvolvimento das atividades práticas, integrando os conhecimentos adquiridos nas demais disciplinas do semestre; realizar as entregas nos prazos estabelecidos; desenvolver integralmente o projeto proposto; realizar apresentação do projeto ao final das atividades, inclusive para outras turmas e outros possíveis interessados, a critério dos docentes envolvidos no projeto e da coordenação.

BANCO DE DADOS I (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (40 teóricas, 40 práticas)

Ementa: Conceitos de bases de dados e de sistemas gerenciadores de banco de dados. Modelagem de dados e normalização. Criação e manutenção de objetos em banco de dados. Conceitos gerais de linguagem SQL (Structured Query Language) para manipulação de dados (create, retrieve, update e delete). Consultas simples, com filtros (where) e com junções (join).

Objetivos: Apresentação e aplicação dos conceitos fundamentais sobre banco de dados, modelagem de dados e sistemas gerenciadores de banco de dados relacionais, com utilização da linguagem SQL. Os estudantes deverão ser capazes de compreender o desenvolvimento de um projeto de banco de dados desde a sua concepção e construção, até sua utilização, alinhando-se ao Projeto Integrador III.

Bibliografia básica:

ELMASRI, R; NAVATHE, S. B. Sistemas de Banco de Dados: Fundamentos e Aplicações. Pearson, 2011.

HEUSER, C. A. Projeto de Banco de Dados. v. 4. Bookman, 2009. (Série Livros Didáticos, UFRGS).

KORTH, F; SILBERSHATZ, A. Sistemas de Banco de Dados. 5. ed. Campus, 2007.

Bibliografia complementar:

BEIGHLEY, L. Use a Cabeça! SQL. Alta books, 2008.

DATE, C. J. Introdução a Sistemas de Banco de Dados. 8. ed. Campus, 2006.

TAKAHASHI, M. Guia Mangá de Bancos de Dados. Novatec, 2009.

DESIGN PARA MULTIPLATAFORMAS (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (20 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Produção de artes para múltiplas mídias e veículos comunicacionais. Otimização de artes para aplicação em redes sociais, blogs, sistemas e aplicativos. Elaboração de artes otimizadas à responsividade de sites e sistemas. Estudo de formatos e mídias adequadas à mensagem que se queira propagar. Definição de estilos visuais e padronização de múltiplas peças de design.

Objetivos: Desenvolver peças otimizadas de design, prevendo variações que possam ser aplicadas em diferentes sistemas, mídias, espaços ou plataformas. Os estudantes deverão ser capazes de: estudar as diferentes mídias disponíveis no universo online para aplicação de imagens, ilustrações, áudios e vídeos; desenvolver peças de design, tendo em vista seu desdobramento não apenas em sites, mas em redes sociais, blogs, sistemas, aplicativos móveis e outros ambientes digitais que se fizerem necessários; conhecer os formatos e especificações mais recorrentes para o desenvolvimento de peças de design; elaborar imagens que sejam úteis à responsividade dos sites e sistemas; padronizar elementos visuais para que, em diferentes mídias e formatos, a mensagem permaneça consistente e sem perda de informações; planejar e executar múltiplas artes, mas com características que lhes garantam um estilo visual característico e rapidamente identificável, alinhando-se ao Projeto Integrador III.

Bibliografia básica:

AMBROSE, G; HARRIS, P. Fundamentos de Design Criativo. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2012.

KAWASAKI, G; FITZPATRICK, P. A Arte das Redes Sociais: dicas poderosas dos gurus para grandes usuários. 2 ed. Rio de Janeiro: Best Business, 2017.

KOREN, L; MECKLER, R. W. Design Gráfico: receitas, propostas, diagramações, soluções para layouts. São Paulo: Gustavo Gili, 2014.

WILLIAMS, R. Design para Quem Não é Designer: princípios de design e tipografia para iniciantes. 4 ed. São Paulo: Callis, 2013.

Bibliografia complementar:

BEAIRD, J; GEORGE, J. Princípios do Web Design Maravilhoso. 3 ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2016.

GOMES FILHO, J. Gestalt do Objeto: sistema de leitura visual da forma. 9 ed. São Paulo: Escrituras, 2009.

LUPTON, E. Pensar com Tipos. São Paulo: Gustavo Gili, 2018.

WOLF, P. J. Design Gráfico: um dicionário visual de termos para um design global. São Paulo: Blucher, 2011.

SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO (CMS) (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (10 teóricas, 30 práticas).

Ementa: Introdução à instalação, customização e configuração de sistemas de gerenciamento de conteúdo em ambiente pré-configurado. Instalação e configuração de templates. Personalização de templates com HTML e CSS. Instalação e configuração de plugins.

Objetivos: Apresentar aos estudantes as etapas para instalação, customização e configuração dos principais sistemas de gerenciamento de conteúdo, alinhados às necessidades de mercado. Demonstrar a configuração de templates e as ferramentas para personalização do layout. Apresentar os principais plugins disponíveis e suas diversas funcionalidades, atendendo projetos como blogs, sites institucionais, e-commerces, dentre outros. Os estudantes deverão ser capazes de: selecionar a melhor ferramenta de gerenciamento de conteúdo de acordo com a necessidade do projeto; realizar sua instalação e configuração em ambiente pré-configurado; instalar novos templates e customizá-los com HTML e CSS; utilizar plugins para adicionar funcionalidades aos projetos e atender diferentes necessidades de negócio; selecionar e utilizar um sistema de gerenciamento de conteúdo para as funcionalidades relevantes, alinhando-se ao Projeto Integrador III.

Bibliografia básica:

SABIN-WILSON, L. Wordpress for Dummies. 5. ed. John Wiley & Sons, 2013.

ALVES, W. P. Desenvolvimento de Aplicações Web com Wordpress 4.8. Editora Érica, 2018.

MARRIOTT, J; WARING, E. O Livro Oficial do Joomla. Alta Books, 2013.

Bibliografia complementar:

COOPER, N. Crie seu Próprio Site: Um Guia em Quadrinhos para HTML, CSS e WordPress. Novatec, 2015.

ABBOTT, N. et al. Drupal 8: Enterprise Web Development. Packt Publishing, 2016.

ESTRUTURAS DE DADOS (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (40 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Revisão dos conceitos básicos de tipos abstratos de dados. Exploração de conceitos fundamentais de alocação dinâmica, objetos e recursividade. Visão geral de estruturas lineares: pilha (Stack), fila (Queue), lista (List) e vetor (Array). Visão geral de estruturas não-lineares: árvore binária (Binary Tree), árvore balanceada (Self-Balancing Tree) e árvore multivias (Multiway Tree). Aplicações práticas envolvendo a utilização em situações reais, com estruturas de dados nativas da linguagem de programação empregada. Aplicação prática de árvore multivias através de estudos com o Document Object Model (DOM), manipulando a árvore de elementos dos documentos HTML.

Objetivos: Expor conceitos fundamentais de programação funcional e programação orientada a objetos para compreensão das principais estruturas de dados lineares e não-lineares. Expor uma visão geral das estruturas de dados elencadas na ementa, com explicações de alto nível (possivelmente apoiadas em pseudocódigos e/ou fluxogramas) do funcionamento dos principais métodos das estruturas de dados abordadas. Demonstrar casos de aplicação prática das estruturas de dados abordadas, principalmente no contexto da Web. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender a lógica de funcionamento das estruturas de dados estudadas; escolher a estrutura de dados mais adequada para determinada situação/problema; utilizar de forma prática estruturas de dados nativas de uma linguagem de programação facilitadora do aprendizado, de amplo emprego no mercado e executável em navegadores e/ou servidores Web, alinhando-se ao Projeto Integrador III.

Bibliografia básica:

ASCENCIO, A. F. G. Estruturas de Dados. Pearson Brasil, 2011.

EDELWEISS, N; GALANTE, R. Estruturas de Dados. v. 18. Bookman, 2009.

PEREIRA, S. L. Estruturas de Dados Fundamentais: Conceitos e Aplicações. Érica, 2009.

Bibliografia complementar:

DEITEL, P; DEITEL, H. Java: Como Programar. 10. ed. Pearson, 2017.

DROZDEX, A. Estruturas de Dados e Algoritmos em C++. Cengage Learning, 2016.

FERRARI, R, FALVO, M, DIAS, R, RIBEIRO, M. Estrutura de Dados com Jogos. Elsevier, 2014.

GOODRICH; TAMASSIA; GOLDWASSER. Data Structures and Algorithms in Python. John Wiley & Sons, 2013.

GRONER, L. Estruturas de Dados e Algoritmos em JavaScript. Novatec, 2017.

KOFFMANN, E. B. Objetos, Abstração, Estrutura de Dados e Projeto. LTC, 2008.

MCMILLAN, M. Data Structures and Algorithms using C#. Cambridge University Press, 2007.

MCMILLAN, M. Data Structures and Algorithms with JavaScript. O'Reilly, 2014.

PUGA, S; RISSETTI, G. Lógica de Programação e Estruturas de Dados, com Aplicações em Java. Pearson, 2016.

RAHMAN, M. PHP 7 Data Structures and Algorithms. Packt Publishing, 2017.

DESENVOLVIMENTO PARA SERVIDORES I (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (20 teóricas, 60 práticas).

Ementa: Instalação e configuração básica do ambiente de desenvolvimento. Sintaxe básica da linguagem. Abordagem dos métodos de programação HTTP. Conexão com banco de dados e operações básicas com a linguagem SQL. Codificação de caracteres. Uso de vetores e matrizes. Orientação a objetos (classes, atributos, métodos, objetos, herança, encapsulamento, polimorfismo, agregação e composição). Localidades, fusos horários e funções de tempo. Tratamento de exceções de erro. Manipulação de dados do lado do servidor. Sessões e autenticação. Leitura e escrita de cookies. Manuseio e armazenamento de arquivos. Uso de frameworks e questões arquiteturais.

Objetivos: Fornecer uma visão geral em uma linguagem de desenvolvimento back-end, associada a um sistema de gerenciamento de banco de dados que utilize a linguagem SQL, conforme definidos semestralmente pelo Núcleo Docente Estruturante do curso. Apresentar os conhecimentos necessários para integração da linguagem e do banco de dados, a fim de criar sites dinâmicos com armazenamento de dados no servidor. Os estudantes deverão ser capazes de: instalar e configurar um ambiente de desenvolvimento back-end; escolher a melhor abordagem para o desenvolvimento de um projeto com back-end; aplicar os conhecimentos adquiridos em um projeto completo, integrando front-end e back-end no desenvolvimento da solução, alinhando-se ao Projeto Integrador III.

Bibliografia básica:

BORGES JÚNIOR, M. P. ASP.NET Utilizando C#: de Programador para Programador. Ciência Moderna, 2006.

DALL'OGLIO, P. PHP: Programando com Orientação a Objetos. Novatec, 2009.

TERUEL, E. C. Arquitetura de Sistemas para Web com Java Utilizando Design Patterns e Frameworks. Ciência Moderna, 2012.

Bibliografia complementar:

BEIGHLEY, L; MORRISON, M. Use a cabeça! PHP & MySQL. São Paulo: Alta Books, 2011.

DEITEL, H. M. Java Como Programar: Nova Edição Atualizada 6ª Edição. São Paulo. 2012.

ELLIOTT, E. Programming JavaScript Applications. O'Reilly, 2014.

GILMORE, W. J. Dominando PHP e MYSQL do iniciante ao profissional. Rio de Janeiro: Starlin Alta Consult, 2008.

MEAD, A. Learning Node.js Development. Packt Publishing, 2018.

SHAW, Z. Learn Python 3 the Hard Way. Addison-Wesley Professional, 2017.

ENGENHARIA DE SOFTWARE E METODOLOGIAS ÁGEIS (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (50 teóricas, 30 práticas).

Ementa: Ciclo de vida do software. Modelos de processo de software, confrontando as metodologias prescritivas e as enxutas/ágeis. Levantamento e gerenciamento de requisitos. Linguagens gráficas para representação de modelos como, por exemplo, a Unified Modeling Language (UML) e seus principais diagramas, com ênfase em metodologias ágeis. Conceitos gerais de teste de software, incluindo a abordagem ágil Test-Driven Development (TDD).

Objetivos: Apresentar uma visão ampla e contemporânea da engenharia de software, com ênfase em metodologias aplicadas ao desenvolvimento Web. Os estudantes serão capazes de: entender o ciclo de vida de softwares em diferentes modelos de processo; compreender os fundamentos das principais abordagens ágeis comumente empregadas em equipes de desenvolvimento Web; construir, analisar e manter documentação e diagramas conforme as necessidades, alinhando-se ao Projeto Integrador III.

Bibliografia básica:

GUEDES, G. T. A. UML 2: Uma Abordagem Prática. Novatec, 2011.

PRESSMAN, R. S; LOWE, D. Engenharia Web. LTC, 2009.

SBROCCO, J; MACEDO, P. Metodologias Ágeis: Engenharia de Software Sob Medida. Érica, 2012.

Bibliografia complementar:

PAULA FILHO, W. P. Engenharia de Software. LTC, 2010.

PRESSMAN, R. Engenharia de Software. 7. ed. McGraw Hill, 2011.

SOMMERVILLE, I. Engenharia de Software. 9. ed. Pearson, 2011.

INGLÊS III (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Expansão das habilidades de compreensão e produção oral e escrita por meio do uso de estratégias de leitura e de compreensão oral, de estratégias de produção oral e escrita, de funções comunicativas e estruturas linguísticas apropriadas para atuar nos contextos pessoal, acadêmico e profissional, apresentadas nas disciplinas anteriores. Ênfase na oralidade, atendendo às especificidades da área e abordando aspectos socioculturais. Promover atividade associadas com o Projeto Integrador III.

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de: fazer uso de estratégias de leitura e compreensão oral para identificar pontos principais de textos orais e escritos da sua área de atuação; comunicar-se em situações do cotidiano, descrever habilidades, responsabilidades e experiências profissionais; descrever eventos passados; compreender dados numéricos em gráficos e tabelas; redigir cartas e e-mails comerciais simples; desenvolver a entoação e o uso dos diferentes fonemas da língua; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador III.

Bibliografia básica:

HUGES, J. et al. Business Result: Elementary. Student Book Pack. Oxford University Press, 2012.

IBBOTSON, M; STEPHENS, B. Business Start-up: Student Book 1. Cambridge University Press, 2015.

OXENDEN, C; LATHAM-KOENIG, C. American English File: Student’s Book 1. Oxford University Press, 2008.

Bibliografia complementar:

BARNARD, R; CADY, J; DUCKWORTH, M; TREW, G. Business Venture: Student Book 1 with Practice for the TOEIC Test. Oxford University Press, 2009.

CARTER, R; NUNAN, D. Teaching English to Speakers of Other Languages. Cambridge University Press, 2015.

COTTON, D. et al. Market Leader: Elementary. Student’s Book with Multi-Rom. 3. ed. Pearson Education, 2012.

LONGMAN. Dicionário Longman Escolar para Estudantes Brasileiros: Português-Inglês/Inglês-Português com CD-Rom. 2. ed. Atualizado com as Novas Regras de Ortografia. Pearson Education, 2008.

MURPHY, R. Essential Grammar in Use: CD-Rom with Answers. 3. ed. Cambridge, 2007.

RICHARDS, J. C. et al. New Interchange: Student Book 1. Cambridge University Press, 2008.

PROJETO INTEGRADOR III (2)

Tema: Construção de site dinâmico com armazenamento em banco de dados.

Aulas semestrais: 40 aulas (0 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Desenvolvimento de site dinâmico com armazenamento das informações em banco de dados, integrando o front-end e o back-end. Integrar, de forma prática, os conceitos e competências das demais disciplinas do terceiro semestre.

Objetivos: Definição dos projetos, preferencialmente para continuidade do que foi conduzido nos semestres anteriores. Acompanhamento do desenvolvimento, cuidando para que a integração com as outras disciplinas do terceiro semestre ocorra de forma adequada. Os estudantes deverão ser capazes de: trabalhar em equipe para o gerenciamento do projeto; controlar o tempo empregado para desenvolvimento das atividades práticas, integrando os conhecimentos adquiridos nas demais disciplinas do semestre; realizar as entregas nos prazos estabelecidos; desenvolver integralmente o projeto proposto; realizar apresentação do projeto ao final das atividades, inclusive para outras turmas e outros possíveis interessados, a critério dos docentes envolvidos no projeto e da coordenação.

BANCO DE DADOS II (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (40 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Aprofundamento dos conceitos envolvidos na implementação de banco de dados. Consultas complexas com agrupamentos (group by) e subconsultas (subqueries). Utilização de procedimentos armazenados (stored procedures), gatilhos (triggers), funções e visões (views). Transações e controle de concorrência. Noções de bancos de dados não relacionais (NoSQL) e semi-relacionais (híbridos).

Objetivos: Apresentar recursos avançados de bancos de dados relacionais, não relacionais e semi-relacionais. Os estudantes deverão ser capazes de: criar e manter objetos comumente utilizados em sistemas gerenciadores de banco de dados; conhecer bancos de dados com paradigmas alternativos, não relacionais e semi-relacionais; tomar decisões sobre recursos, métodos e paradigmas de banco de dados, de acordo com as necessidades, alinhando-se ao Projeto Integrador IV.

Bibliografia básica:

BEN-GAN, I. Microsoft SQL Server 2008: Fundamentos em T-SQL. Bookman, 2010.

MILANI, A. PostgreSQL: Guia do Programador. Novatec, 2008.

PRICE, J. Oracle Database 11g SQL: Domine SQL e PL/SQL no Oracle. Bookman, 2009.

Bibliografia complementar:

ELMASRI, R; NAVATHE, S. B. Sistemas de Banco de Dados: Fundamentos e Aplicações. Pearson, 2011.

HOWS, D;‎ MEMBREY, P; PLUGGE, E. Introdução ao MongoDB. Novatec, 2015.

MANZANO, J. A. N. G. PostgreSQL 8.3.0 Interativo: Guia de Orientação e Desenvolvimento. Érica, 2008.

OTEY, M; OTEY, D. Microsoft SQL Server 2005: Guia do Desenvolvedor. Ciência Moderna, 2007.

SILVA, R. S. Oracle Database 10g Express Edition. Érica, 2007.

SOUZA, M. A. SQL, PL/SQL, SQL PLUS: Manual de Referência Completo e Objetivo. Ciência Moderna, 2004.

DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS I (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (30 teóricas, 50 práticas).

Ementa. Introdução e conceitos gerais sobre desenvolvimento para dispositivos móveis. Ciclo de vida de uma aplicação Mobile. Configuração e utilização de ambientes de desenvolvimento para dispositivos móveis. Emulação de dispositivos móveis em computadores pessoais. Introdução à interface gráfica para aplicativos Mobile. Utilização de sensores do dispositivo (giroscópio, acelerômetros, GPS, etc.). Armazenamento de informações no dispositivo móvel.

Objetivos: Introdução ao desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, abordando conceitos, tecnologias e ferramentas de desenvolvimento para diferentes plataformas, utilizando abordagens nativas ou híbridas. Os estudantes deverão ser capazes de: selecionar as tecnologias de desenvolvimento de aplicações móveis de acordo com as necessidades do projeto; configurar o ambiente de desenvolvimento; desenvolver aplicações móveis utilizando os recursos disponíveis nos dispositivos e plataformas selecionadas, alinhando-se ao Projeto Integrador IV.

Bibliografia básica:

ATER, T. Building Progressive Web Apps. O'Reilly, 2017.

LECHETA, R. R. Google Android: Aprenda a Criar Aplicações para Dispositivos Móveis. Novatec, 2010.

MILANI, A. Programando para iPhone e iPad. Novatec, 2012.

Bibliografia complementar:

DAVID, M. Building Websites with HTML to Work with Mobile Phones. Elsevier Science, 2012.

DAVID, M. HTML5 Mobile Websites. Elsevier Science, 2011.

KYRIAKIDIS, A; MANIATIS, K; YOU, E. The Majesty of Vue.js 2. LeanPub, 2017.

MEDNIEKS, Z. et al. Programando o Android. Novatec, 2012.

NEIL, T. Padrões de Design para Aplicativos Móveis. Novatec 2012.

PONTES, G. Progressive Web Apps: Construa Aplicações Progressivas com React. Casa do Código, 2018.

SHACKLES, G. Construindo Aplicativos Móveis com C#. Novatec, 2012.

SIX, J. Segurança de Aplicativos Android. Novatec, 2012.

SEGURANÇA NA WEB (2)

Aulas semestrais: 80 aulas (60 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Conceitos básicos de segurança da informação. Introdução è criptografia e aos algoritmos criptográficos mais utilizados no desenvolvimento Web. Principais tecnologias de segurança da infraestrutura e das aplicações (firewall, antivírus, proxy, HTTPS, TLS, SSL, etc). Boas práticas no desenvolvimento Web e Mobile seguro. Aspectos gerenciais: normas, metodologias e boas práticas de segurança da informação (NBR 17799, família NBR 27000, NBR 15999, COBIT, ITIL). Aspectos legais: validade de documentos eletrônicos, assinaturas digitais, datação e infraestrutura de chaves públicas.

Objetivos: Apresentar e discutir as questões relativas à segurança da informação e ao desenvolvimento de soluções de infraestrutura e de software seguras. Os estudantes deverão ser capazes de: conhecer e implementar segurança nos diversos ambientes digitais, visando a proteção dos sistemas por eles suportados; conhecer e aplicar boas práticas de segurança da informação em aplicativos Web e Mobile, alinhando-se ao Projeto Integrador IV.

Bibliografia básica

FONTES, E. Políticas e Normas para a Segurança da Informação. Brasport, 2012.

SILVA, A. E. N. Segurança da Informação: Vazamento de Informações. Ciência Moderna, 2012.

MORENO, Daniel. Pentest em Aplicações Web. Novatec, 2017.

Bibliografia complementar

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR ISO/IEC 17799:2005. Tecnologia da Informação: Código de Prática para a Gestão da Segurança da Informação. ABNT, 2005.

COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL. Cartilha de Segurança para Internet. 2. ed. CERT.Br, 2012.

FONTES, E. L. G. Praticando a Segurança da Informação: orientações práticas alinhadas com norma NBR ISO/IEC 27002, norma NBR ISO/IEC 27001, norma NBR 15999-1, COBIT, ITIL. Brasport, 2008.

ESTATÍSTICA APLICADA (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (20 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Conceitos estatísticos. Gráficos e tabelas. Distribuição de frequência. Medidas de posição, de dispersão, separatrizes e de assimetria e curtose. Diagrama de dispersão e correlação. Regressão linear Simples. Coeficiente de correlação. Probabilidade. Distribuições de probabilidade: variável aleatória discreta e contínua.

Objetivos: Apresentar a estatística e como utilizá-la para modelar problemas. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender e aplicar os conceitos de estatística necessários para a descrição, organização e análise de dados, no apoio à tomada de decisão na área de estudo, inclusive para decisões estratégicas de negócio e de gestão de projetos, alinhando-se ao Projeto Integrador IV.

Bibliografia básica:

ANDERSON, D. et al. Estatística Aplicada à Administração e Economia. Cengage Learning, 2008.

LEVINE, D. M. et al. Estatística: Teoria e Aplicações usando Microsoft Excel. LTC, 2012.

SPIEGEL, M. R; STEPHENS, L. J. Estatística. Bookman, 2009.

Bibliografia complementar:

AKAMINE, C. T; YAMAMOTO, R. K. Estudo Dirigido de Estatística Descritiva. Érica, 2009.

BORNIA, A. C; BARBETTA, P. A; REIS, M. M. Estatística para Cursos de Engenharia e Informática. Atlas, 2008.

BRUNI, A. L. Estatística Aplicada à Gestão Empresarial. Atlas, 2008.

BUSSAB, W. O; MORETTIN, P. A. Estatística Básica. Saraiva, 2007.

GRIFFITHS, D. Use a Cabeça! Estatística. Alta Books, 2009.

RONALD, E. Probabilidade e Estatística para Engenharia e Ciências. Prentice Hall, 2009.

TRIOLA. M. F. Introdução à Estatística. LTC, 2008.

WALPOLE, R; MYERS, R. Probabilidade e Estatística para Engenharia e Ciências. Prentice Hall, 2008.

DESENVOLVIMENTO PARA SERVIDORES II (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (20 teóricas, 60 práticas).

Ementa: Aprofundamento nos conceitos e tecnologias de programação para servidores. Recursos da linguagem escolhida para desenvolvimento back-end. Utilização de padrões de projeto (design patterns, como, por exemplo, composite, factory, adapter, singleton, etc.) e boas práticas em arquitetura de software em camadas (como, por exemplo, MVC, MVVM, DAO, etc.).

Objetivos: Aprofundar a implementação de software do lado servidor (back-end), com a utilização de uma linguagem de programação de relevância no mercado, conforme definido semestralmente pelo Núcleo Docente Estruturante do curso. Demonstrar a importância de desenvolver segundo padrões de projeto usuais. Apresentar conceitos de arquitetura de software em camadas flexível e manutenível. Os estudantes deverão ser capazes de: desenvolver sistemas Web com regras de negócio avançadas no back-end (por exemplo, e-commerces), usando uma linguagem apropriada para servidores e os padrões mais comumente utilizados, alinhando-se ao Projeto Integrador IV.

Bibliografia básica:

BORGES JÚNIOR, M. P. ASP.NET Utilizando C#: De Programador para Programador. Ciência Moderna, 2006.

GAMMA, E. et al. Padrões de Projeto. Bookman, 2005.

TERUEL, E. Arquitetura de Sistemas para Web com Java: Design Patterns e Frameworks. Ciência Moderna, 2012.

Bibliografia complementar:

DAIGNEAU, R. Service Design Patterns. Addison Wesley, 2011.

DEITEL, H. M. Java: Como Programar: 8. ed. Pearson, 2015.

ELLIOTT, E. Programming JavaScript Applications. O'Reilly, 2014.

FREEMAN, E. et al. Use a Cabeça! Padrões de Projetos. 2. ed. Altabooks, 2010.

MEAD, A. Learning Node.js Development. Packt Publishing, 2018.

TÓPICOS ESPECIAIS EM SISTEMAS PARA INTERNET I (2)

Aulas semestrais: 80 aulas (30 teóricas, 50 práticas).

Ementa: Recursos e aplicações da tecnologia escolhida.

Objetivos: Apresentar tecnologias ainda não estudadas ou aprofundar algum tema visto anteriormente, conforme definido semestralmente pelo Núcleo Docente Estruturante do curso. Os estudantes deverão ser capazes de: conhecer e aplicar tecnologias de uso corrente na região, ou de interesse para seu desenvolvimento profissional em âmbito regional, nacional e internacional; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador IV.

Bibliografias básica e complementar: A ser definida no plano de ensino.

INGLÊS IV (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Desenvolvimento de habilidades comunicativas e estruturas léxico-gramaticais trabalhadas nas disciplinas anteriores, com o objetivo de atuar adequadamente nos contextos pessoal, acadêmico e profissional. Utilização de estratégias de leitura e de compreensão oral bem como de estratégias de produção oral e escrita para compreender e produzir textos orais e escritos. Ênfase na oralidade, atendendo às especificidades da área e abordando aspectos socioculturais.

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de: fazer uso de estratégias de leitura e compreensão oral para identificar os pontos principais de textos orais e escritos; fazer comparações, redigir correspondências comerciais; desenvolver a entoação e o uso dos diferentes fonemas da língua; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador IV.

Bibliografia básica:

HUGES, J. et al. Business Result: Elementary. Student Book Pack. Oxford University Press, 2012.

IBBOTSON, M; STEPHENS, B. Business Start-up: Student Book 1. Cambridge University Press, 2015.

OXENDEN, C; LATHAM-KOENIG, C. American English File: Student’s Book 1. Oxford University Press, 2008.

Bibliografia complementar:

BARNARD, R; CADY, J; DUCKWORTH, M; TREW, G. Business Venture: Student Book 1 with Practice for the TOEIC Test. Oxford University Press, 2009.

CARTER, R; NUNAN, D. Teaching English to Speakers of Other Languages. Cambridge University Press, 2015.

COTTON, D. et al. Market Leader: Elementary. Student’s Book with Multi-Rom. 3. ed. Pearson Education, 2012.

LONGMAN. Dicionário Longman Escolar para Estudantes Brasileiros: Português-Inglês/Inglês-Português com CD-Rom. 2. ed. Atualizado com as Novas Regras de Ortografia. Pearson Education, 2008.

MURPHY, R. Essential Grammar in Use: CD-Rom with Answers. 3. ed. Cambridge, 2007.

RICHARDS, J. C. et al. New Interchange: Student Book 1. Cambridge University Press, 2008.

PROJETO INTEGRADOR IV (2)

Tema: Desenvolvimento Web e Mobile independentes.

Aulas semestrais: 40 aulas (0 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Desenvolvimento de soluções Web e Mobile independentes (que não compartilhem os mesmos dados, sem a obrigatoriedade de haver comunicação entre as plataformas), mas que pertençam ao mesmo domínio de negócio (ou seja, soluções dentro de um mesmo tema, que se complementem de alguma maneira). Integrar, de forma prática, os conceitos e competências das demais disciplinas do quarto semestre. Direcionar os estudantes que demonstrem interesse em produção acadêmica a possíveis docentes orientadores, para que utilizem os projetos como base para elaboração de artigos científicos.

Objetivos: Definição dos projetos, preferencialmente para continuidade do que foi conduzido nos semestres anteriores. Acompanhamento do desenvolvimento, cuidando para que a integração com as outras disciplinas do quarto semestre ocorra de forma adequada. Os estudantes deverão ser capazes de: trabalhar em equipe para o gerenciamento do projeto; controlar o tempo empregado para desenvolvimento das atividades práticas, integrando os conhecimentos adquiridos nas demais disciplinas do semestre; realizar as entregas nos prazos estabelecidos; desenvolver integralmente o projeto proposto; realizar apresentação do projeto ao final das atividades, inclusive para outras turmas e outros possíveis interessados, a critério dos docentes envolvidos no projeto e da coordenação.

REDES E COMPUTAÇÃO EM NUVEM (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (60 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Internet, Web e seus protocolos. Detalhamento da implementação dos principais protocolos de Internet (TCP/IP, DNS, HTTP, SMTP, POP3, NNTP, HTTPS, VoIP, etc.). Identificação de problemas em redes wired e wireless. Métricas para avaliação e otimização de rede, incluindo boas práticas de otimização de tráfego de rede para sites. Introdução à computação em nuvem (cloud computing).

Objetivos: Apresentar detalhadamente tecnologias de rede usadas na Internet e na Web. Aprofundar técnicas de otimização de rede, incluindo otimização de sites para melhorar o tráfego de rede. Discorrer sobre infraestrutura moderna de redes em nuvem. Os estudantes deverão ser capazes de: conhecer os fundamentos de redes na Internet; compreender o funcionamento de redes wired e wireless; identificar e resolver problemas em laboratório de redes de computadores; verificar e corrigir vulnerabilidades em redes, através de análise de tráfego e investigação de ataques; compreender os fundamentos de redes baseadas em computação em nuvem; aplicar otimização de tráfego de rede em sites de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador V.

Bibliografia básica:

MORIMOTO, C. E. Redes, Guia Prático: Ampliada e Atualizada. 2. ed. Sul Editores, 2011.

ROSS, K. W; KUROSE, J. F. Redes de Computadores e a Internet. Addison Wesley, 2010.

TANENBAUM, A. S. Redes de Computadores. 5. ed. Campus, 2011.

Bibliografia complementar:

KING, A. B. Otimização de Website: o Guia Definitivo. Starlin Alta Consult, 2009.

MCNAB, C. Avaliação de Segurança de Redes: Conheça sua Rede. Novatec, 2017.

MELO, S. Exploração de Vulnerabilidades em Redes TCP/IP. 3. ed. Alta Books, 2017.

MORIMOTO, C. E. Redes: Guia Prático. Sulina, 2008.

MOTA FILHO, J. E. Análise de Tráfego em Redes TCP/IP. Novatec, 2013.

PETERS, J; DAVIDSON, J; BATHIA, M. Fundamentos de VoIP. Bookman, 2008.

SOUDERS, S. Alta Performance em Sites Web. Altabooks, 2007.

SOUDERS, S. Even Faster Web Sites: Performance Best Practices for Web Developers. O'Reilly, 2009.

VELTE, A; VELTE, T; ELSENPETER, R. Computação em Nuvem: Uma Abordagem Prática. Alta Books, 2011.

DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS II (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (20 teóricas, 60 práticas).

Ementa: Análise e implementação de frameworks para o desenvolvimento de aplicativos móveis nativos ou híbridos. Técnicas (bibliotecas, serviços Web, protocolos de comunicação, etc.) utilizadas em soluções para transferência de dados cliente-servidor, visando à integração com outras aplicações. Soluções de interface gráfica com experiência de usuário (UX) nativa (mesmo em aplicações híbridas). Armazenamento de informações em ambientes externos. Conectividade e a abordagem offline first.

Objetivos: Discutir boas práticas e implementar soluções tecnológicas que auxiliem o desenvolvimento nativo ou híbrido de aplicativos para dispositivos móveis, utilizando frameworks e integrando aplicativos com serviços externos providos por outros sistemas. Os estudantes deverão ser capazes de: selecionar tecnologias, frameworks e técnicas de desenvolvimento de aplicações móveis de acordo com as necessidades dos projetos; desenvolver aplicações móveis utilizando os recursos disponíveis nos dispositivos e nas plataformas selecionadas, além de realizar a integração dos aplicativos com outros sistemas e serviços, alinhando-se ao Projeto Integrador V.

Bibliografia básica:

ATER, T. Building Progressive Web Apps. O'Reilly, 2017.

LECHETA, R. R. Google Android: Aprenda a Criar Aplicações para Dispositivos Móveis. Novatec, 2010.

MILANI, A. Programando para iPhone e iPad. Novatec, 2012.

Bibliografia complementar:

DAVID, M. Building Websites with HTML to Work with Mobile Phones. Elsevier Science, 2012.

DAVID, M. HTML5 Mobile Websites. Elsevier Science, 2011.

KYRIAKIDIS, A; MANIATIS, K; YOU, E. The Majesty of Vue.js 2. LeanPub, 2017.

MEDNIEKS, Z. et al. Programando o Android. Novatec, 2012.

NEIL, T. Padrões de Design para Aplicativos Móveis. Novatec 2012.

PONTES, G. Progressive Web Apps: Construa Aplicações Progressivas com React. Casa do Código, 2018.

SHACKLES, G. Construindo Aplicativos Móveis com C#. Novatec, 2012.

SIX, J. Segurança de Aplicativos Android. Novatec, 2012.

ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇOS (SOA) (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (20 teóricas, 60 práticas).

Ementa: Conceitos, especificações, protocolos e padrões que forneçam a base para a implementação de soluções orientadas a serviços, tais como: contratos, acoplamento, abstração, visibilidade, reusabilidade, autonomia, estado, granularidade, entre outros. Orquestração das transações entre serviços. Segurança na troca de dados entre serviços. Frameworks e APIs utilizados para suportar a construção de aplicações orientadas a serviços (por exemplo, SOAP, Web API, RESTful APIs, GraphQL, etc.). Conceitos básicos de micro-serviços e conteinerização de software. Desenvolvimento de serviços que possibilitem a integração de aplicações desenvolvidas.

Objetivos: Apresentar os conceitos para promoção da reutilização e compartilhamento de dados entre aplicações, identificando e implementando funcionalidades que possam ser disponibilizadas na forma de serviços e/ou micro-serviços. Os estudantes deverão ser capazes de: construir a interoperabilidade entre aplicações criadas para diferentes plataformas; conhecer e se atentar aos pontos críticos que devem ser cuidadosamente analisados na utilização de arquiteturas orientadas a serviços; integrar aplicações desenvolvidas para diferentes plataformas, alinhando-se ao Projeto Integrador V.

Bibliografia básica:

BORGES JÚNIOR, M. P. Desenvolvendo WebServices: Guia Rápido C#.NET. Ciência Moderna, 2005.

FREEMAN, E. et al. Use a Cabeça! Padrões de Projetos. 2. ed. Altabooks, 2010.

GOMES, D. A. Web Services SOAP em Java. Novatec, 2010.

Bibliografia complementar:

DAIGNEAU, R. Service Design Patterns. Addison Wesley, 2011.

GAMMA, E. et al. Padrões de Projeto. Bookman, 2005.

MEAD, A. Advanced Node.js Development. Packt Publishing, 2018.

PORCELLO, E; BANKS, A. Learning GraphQL. O'Reilly, 2018.

PURUSHOTHAMAN, J. RESTful Java Web Services. 2. ed. Packt Publishing, 2015.

TERUEL, E. Arquitetura de Sistemas para Web com Java: Design Patterns e Frameworks. Ciência Moderna, 2012.

FUNDAMENTOS DA INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTOS (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Noções de linguagem e de língua. Distinção entre língua falada e língua escrita. Variações linguísticas no contexto profissional. Discurso e texto: considerações gerais. Estudo de técnicas de leitura, interpretação/recepção e produção de gêneros textuais no exercício profissional da área do curso. Uso de novas tecnologias no contexto comunicativo, como no trabalho com mapas conceituais, portfólios, infográficos, etc. Gêneros textuais que circulam em ambientes digitais - propósitos, contextos de produção, elementos léxico-gramaticais que mobilizam, noções de hipertextualidade, multimodalidade e multiletramentos. Mecanismos de textualidade: coesão e coerência textuais.

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de: reconhecer diferentes contextos de uso da língua e ser capaz de utilizar diversos gêneros textuais, inclusive em meios digitais, com foco na atuação profissional; ler proficientemente e elaborar textos escritos com domínio dos recursos textuais e discursivos; identificar diversas formações discursivas e ideológicas nas diferentes modalidades textuais profissionais, distinguindo e adequando o uso da língua com coesão e coerência ao seu contexto sócio histórico cultural; redigir e revisar documentação de software com foco, coesão, coerência e gramática adequados ao âmbito profissional, alinhando-se ao Projeto Integrador V.

Bibliografia básica:

CEGALLA, D. P. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. 48. ed. Companhia Editora Nacional, 2008.

FIORIN, J. L; SAVIOLI, F. P. Lições de Texto: Leitura e Redação. 5. ed. Ática, 2006.

ROJO, R; BARBOSA, J. P. Hipermodernidade, Multiletramentos e Gêneros Discursivos. Parábola Editorial, 2015.

Bibliografia complementar:

ANDRADE, M; HENRIQUES, A. Língua Portuguesa: Noções Básicas para Cursos Superiores. 9. ed. Atlas, 2010.

KÖCHE, V. S; BOFF, O. M. B; MARINELLO, A. F. Leitura e Produção Textual. Vozes, 2010.

MARCUSCHI, L. A. Produção Textual, Análise de Gêneros e Compreensão. Parábola Editorial, 2008.

RIBEIRO, A. E. Textos Multimodais: Leitura e Produção de Textos. Parábola Editorial, 2016.

HABILIDADES INTERPESSOAIS (SOFT SKILLS) (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (20 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Apresentar e caracterizar as habilidades interpessoais requisitadas pelo mercado de trabalho, tais como: autoconhecimento, comunicação verbal, comunicação não-verbal (linguagem corporal), capacidade de ouvir e questionar, boas práticas para lidar com conhecidos problemas, consciência social (colaboração), gerenciamento pessoal, senso de responsabilidade, entre outras. Estudo de técnicas e mecanismos para desenvolver hábitos e estratégias saudáveis para o convívio social e empresarial. Promover dinâmicas para que os alunos possam vislumbrar e mensurar, de forma prática, como estão suas habilidades por meio da elaboração de metas e acompanhamento da produtividade. Utilização de ferramentas que possam suportar esse tipo de aprendizado, facilitando a visualização e análise dos resultados.

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de entender e aperfeiçoar suas habilidades interpessoais e também saber como utilizá-las em sua carreira, visando promover adequadas competências pessoais, sociais e profissionais, além de uma comunicação clara e eficiente, comportamento ético e a formação de um indivíduo imbuído do trabalho em equipe, tornando-se apto a atingir grandes objetivos, alinhando-se às necessidades estipuladas durante o Projeto Integrador V.

Bibliografia básica:

MARTINS, J. C. C. Soft Skills: Conheça as Ferramentas para você Adquirir, Consolidar e Compartilhar Conhecimentos. Brasport, 2017.

CODA, R. Competências Comportamentais: Como Mapear e Desenvolver Competências Pessoais no Trabalho. Atlas, 2016.

SUSANNE, A. O Poder da Simplicidade no Mundo Ágil: Como Desenvolver Soft Skills e Aplica-las com Scrum e Design Thinking para ter Mais Resultado com Menos Trabalho, em Menor Tempo. Editora Gente, 2018.

Bibliografia complementar:

SAAD, A. et al. Liderança com Base nas Soft Skills. Leader, 2019.

BRANDÃO, H. P. Mapeamento de Competências: Ferramentas, Exercícios e Aplicações em Gestão de Pessoas. Atlas, 2017.

GODINHO, T. Trabalho Organizado: Encontre Equilíbrio e Significado num Mundo Cada Vez Mais Sobrecarregado. Editora Gente, 2018.

TÓPICOS ESPECIAIS EM SISTEMAS PARA INTERNET II (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (10 teóricas, 30 práticas).

Ementa: Recursos e aplicações da tecnologia escolhida.

Objetivos: Apresentar tecnologias ainda não estudadas ou aprofundar algum tema visto anteriormente, conforme definido semestralmente pelo Núcleo Docente Estruturante do curso. Os estudantes deverão ser capazes de: conhecer e aplicar tecnologias de uso corrente na região, ou de interesse para seu desenvolvimento profissional em âmbito regional, nacional e internacional; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador V.

Bibliografias básica e complementar: A ser definida no plano de ensino.

INGLÊS V (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Aprofundamento do uso das habilidades comunicativas e estruturas léxico-gramaticais trabalhadas nas disciplinas anteriores, com o objetivo de atuar adequadamente nos contextos pessoal, acadêmico e profissional. O aluno deverá fazer uso das habilidades em foco bem como de estratégias de leitura, compreensão oral e produção oral e escrita com autonomia. Ênfase na oralidade, atendendo às especificidades da área e abordando aspectos socioculturais.

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de: fazer uso de estratégias de leitura e compreensão oral para compreender textos orais e escritos; participar de conversas espontâneas, fazendo uso da língua com inteligibilidade; comunicar-se em situações de entrevista de emprego; redigir “application letters” e currículos vitae; descrever brevemente experiências e expectativas; fornecer justificativas; aperfeiçoar a entoação e o uso dos diferentes fonemas da língua; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador V.

Bibliografia básica:

HUGES, J. et al. Business Result: Elementary. Student Book Pack. Oxford University Press, 2012.

IBBOTSON, M; STEPHENS, B. Business Start-up: Student Book 1. Cambridge University Press, 2015.

OXENDEN, C; LATHAM-KOENIG, C. American English File: Student’s Book 1. Oxford University Press, 2008.

Bibliografia complementar:

BARNARD, R; CADY, J; DUCKWORTH, M; TREW, G. Business Venture: Student Book 1 with Practice for the TOEIC Test. Oxford University Press, 2009.

CARTER, R; NUNAN, D. Teaching English to Speakers of Other Languages. Cambridge University Press, 2015.

COTTON, D. et al. Market Leader: Elementary. Student’s Book with Multi-Rom. 3. ed. Pearson Education, 2012.

LONGMAN. Dicionário Longman Escolar para Estudantes Brasileiros: Português-Inglês/Inglês-Português com CD-Rom. 2. ed. Atualizado com as Novas Regras de Ortografia. Pearson Education, 2008.

MURPHY, R. Essential Grammar in Use: CD-Rom with Answers. 3. ed. Cambridge, 2007.

RICHARDS, J. C. et al. New Interchange: Student Book 1. Cambridge University Press, 2008.

PROJETO INTEGRADOR V (2)

Tema: Integração de sistemas através de serviços.

Aulas semestrais: 40 aulas (0 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Desenvolvimento de projeto Web e Mobile completo e integrado, ou seja, soluções criadas para diferentes plataformas com possível comunicação entre si e utilização de dados compartilhados, baseando-se em arquitetura orientada a serviços (e eventualmente microserviços, ou ainda serverless). Integrar, de forma prática, os conceitos e competências das demais disciplinas do quinto semestre. Direcionar os estudantes que demonstrem interesse em produção acadêmica a possíveis docentes orientadores, para que utilizem os projetos como base para elaboração de artigos científicos.

Objetivos: Definição dos projetos, preferencialmente para continuidade do que foi conduzido nos semestres anteriores. Acompanhamento do desenvolvimento, cuidando para que a integração com as outras disciplinas do quinto semestre ocorra de forma adequada. Os estudantes deverão ser capazes de: trabalhar em equipe para o gerenciamento do projeto; controlar o tempo empregado para desenvolvimento das atividades práticas, integrando os conhecimentos adquiridos nas demais disciplinas do semestre; realizar as entregas nos prazos estabelecidos; desenvolver integralmente o projeto proposto; realizar apresentação do projeto ao final das atividades, inclusive para outras turmas e outros possíveis interessados, a critério dos docentes envolvidos no projeto e da coordenação.

SERVIDORES E SISTEMAS OPERACIONAIS (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (50 teóricas, 30 práticas).

Ementa: Identificação dos componentes necessários para montagem de servidores. Identificação e correção de problemas. Conceitos, mecanismos e funcionamento dos sistemas operacionais modernos. Instalação e configuração de softwares fundamentais (sistemas operacionais, servidores Web, sistemas gerenciadores de bancos de dados e aplicativos diversos). Criação de partições, formatação de discos, instalação de drivers. Virtualização de servidores. Configuração de aplicações e serviços Web. Publicação e migração de sites e aplicações, confrontando vantagens e desvantagens da publicação em servidores locais, máquinas virtuais, hospedagens compartilhadas, hospedagens dedicadas, plataformas em nuvem (cloud computing) e arquiteturas serverless.

Objetivos: Apresentar conceitos fundamentais de hardware para servidores. Abordar instalação de sistemas operacionais e aplicativos, incluindo ferramentas de diagnóstico. Demonstrar configuração, gerenciamento e manutenção dos principais serviços em servidores Web, inclusive em ambientes virtualizados. Discorrer sobre diferentes paradigmas de publicação de sites e aplicações. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender e analisar as melhores soluções de servidores e sistemas operacionais de acordo com as necessidades do projeto; realizar a instalação e configuração de serviços e aplicações Web em servidores; compreender como publicar sites e aplicações em diferentes abordagens de hospedagem; projetar a aquisição e manutenção de servidores e sistemas operacionais de acordo com as necessidades, alinhando-se ao Projeto Integrador VI.

Bibliografia básica:

HOLME, D; RUEST, D; RUEST, N. Configuração do Windows Server 2008 (MCTS 70-640). Bookman, 2009.

TANENBAUM, A. S. Sistemas Operacionais Modernos. Prentice Hall, 2010.

VIANA, E. R. C. Virtualização de Servidores Linux: Para Redes Corporativas. Moderna, 2011.

Bibliografia complementar:

BOVET, D. P; CESATI, M. Understanding the Linux Kernel. 3. ed. O'Reilly, 2008.

MORIMOTO, C. E. Hardware: O Guia Definitivo. Sulina, 2010.

ROBBINS, A. Bash Pocket Reference. O'Reilly, 2010.

VELTE, A; VELTE, T; ELSENPETER, R. Computação em Nuvem: Uma Abordagem Prática. Alta Books, 2011.

VIANA, E. Virtualização de Servidores Linux: Sistemas de Armazenamento Virtual. 2. ed. Ciência Moderna, 2012.

NEGÓCIOS E MARKETING DIGITAL (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (40 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Conceitos de marketing e de marketing digital. Plano de marketing e sua aplicação em ambientes digitais. O comportamento do consumidor em ambientes digitais. O marketing e seus formatos em ambientes digitais. Ferramentas de marketing digital. Marketing orgânico vs. patrocinado em mídias sociais. Avaliação de resultados de uso do marketing digital. Estudos de caso.

Objetivos: Apresentar e discutir as questões do marketing na área da tecnologia digital, inclusive em mídias sociais. Abordar as principais tecnologias, estratégias, ações, ferramentas e formas de aplicação do marketing. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender e utilizar as tecnologias e os meios digitais para implementar ações de marketing, comunicação e publicidade; aplicar os conceitos abordados em seus próprios produtos e negócios, alinhando-se ao Projeto Integrador VI.

Bibliografia básica:

ADOLPHO, C. Os 8 P’s do Marketing Digital: O Guia Estratégico de Marketing Digital. Novatec, 2011.

GABRIEL, M. Marketing na Era Digital: Conceitos, Plataformas e Estratégias. Novatec, 2010.

TORRES, C. A Bíblia do Marketing Digital: tudo o que você queria saber sobre marketing e publicidade na Internet e não tinha a quem perguntar. Novatec, 2009.

Bibliografia complementar:

BAREFOOT, D; SZABO, J. Manual de Marketing em Mídias Sociais. Novatec, 2010.

LAS CASAS, A. L. Administração de Marketing: Conceitos, Planejamento e Aplicações. Atlas, 2010.

NEUMEIER, M; NONENMACHER, F. J. A Empresa Orientada pelo Design: Como Construir uma Cultura de Inovação Permanente. Bookman, 2010.

NEUMEIER, M. The Brand Gap, o Abismo da Marca. Bookman, 2008.

REEDY, J. Marketing Eletrônico: Integrando Recursos Eletrônicos no Processo de Marketing. Thomson, 2007.

EMPREENDEDORISMO NA INTERNET (4)

Aulas semestrais: 80 aulas (40 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Empreendedorismo. Inovação. Tipos de empresas. Mecanismos e procedimentos para criação de empresas. Conceitos sobre modelagem de negócios e projetos de negócios. Ferramentas administrativas nas áreas de custos, finanças, orçamento, formação de preço, vendas e gestão de pessoas. Funções administrativas e seus respectivos sistemas de informação.

Objetivos: Apresentar ao estudante conceitos de empreendedorismo, inovação e criação de novos negócios, bem como ferramentas de gestão de negócios. Os estudantes deverão ser capazes de: elaborar projeto para a criação de um novo negócio, alinhando-se ao Projeto Integrador VI.

Bibliografia básica:

COMM, J. Cash! Como Criar Negócios Altamente Lucrativos na Internet. Gente, 2011.

DORNELAS, J. et al. Criação de Novos Negócios: Empreendedorismo para o Século XXI. 2. ed. Campus, 2014.

FELIPINI, D. Empreendedorismo na internet. Brasport, 2010.

Bibliografia complementar:

CHIAVENATO, I. Empreendedorismo: Dando Asas ao Espírito Empreendedor. Saraiva, 2009.

DEGEN, R. O Empreendedor. Pearson, 2009.

DRAPER, W. O Jogo das Startups. Campus, 2012.

MAXIMIANO, A. C. A. Administração para Empreendedores. Prentice Hall, 2010.

MEDIAÇÃO DE MÍDIAS SOCIAIS (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (20 teóricas, 20 práticas).

Ementa: Estudo de mídias sociais e seu impacto nos negócios. Elaboração de conteúdos relevantes às diferentes mídias. Formatos e especificações mais adequados em cada mídia social para publicações de matérias, anúncios, imagens e vídeos relevantes. Programação de datas e horários mais adequados à publicação conforme os objetivos de negócio estipulados. Agendamento de publicações. Impulsionamento de mídias. Mediação de mensagens diretas e comentários de usuários.

Objetivos: Desenvolvimento de estratégias para alavancar marcas e negócios em mídias sociais, tendo em vista a influência destas redes no cotidiano de pessoas e corporações. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender o impacto das mídias sociais no cotidiano das pessoas e empresas; avaliar as diferentes mídias existentes e suas características; produzir conteúdos adequados a cada mídia; conhecer os formatos e especificações para publicações de matérias, anúncios, imagens e vídeos relevantes; analisar as datas, horários e tipos de publicação mais relevantes em cada mídia, de acordo com o negócio ou a marca; planejar o trabalho individual ou em equipe, a fim de monitorar comentários e adotar uma postura e linguagem padrão para interagir com os usuários;.elaborar projetos de utilização de mídias sociais durante a criação de um novo negócio, alinhando-se ao Projeto Integrador VI.

Bibliografia básica:

CIPRIANI, F. Estratégia em Mídias Sociais: como romper o paradoxo das redes sociais e tornar a concorrência irrelevante. 2 ed. Rio de Janeiro: Elsevier: 2014.

KAWASAKI, G. A Arte das Redes Sociais: dicas poderosas dos gurus para grandes usuários. 2 ed. Rio de Janeiro: Best Business, 2017.

KOTLER, P; KARTAJAYA, H; SETIAWAN, I. Marketing 4.0: do tradicional ao digital. Rio de Janeiro: Sextante, 2017.

REZ, R. Marketing de Conteúdo: a moeda do século XXI. São Paulo: DVS Editora, 2016.

VAYNERCHUK, Gary. Nocaute: como contar sua história no disputado ringue das redes sociais. São Paulo: HSM, 2018.

Bibliografia complementar:

BARGER, C. O Estrategista em Mídias Sociais: desenvolva um programa bem-sucedido trabalhando de dentro para fora em sua empresa. São Paulo: DVS Editora, 2013.

BROGAN, C. ABC das Mídias Sociais: como aproveitar as mídias para tornar os negócios mais lucrativos. Rio de Janeiro: Prumo, 2012.

LI, C; BERNOFF, J. Fenômenos Sociais nos Negócios, Groundswell: vença em um mundo transformado pelas redes sociais. 2 ed. Rio de Janeiro: Campus/Elsevier, 2012.

RECUERO, R. Redes Sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.

LEGISLAÇÃO APLICADA À INTERNET (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Introdução ao Direito. Estudo dos princípios éticos relacionados ao uso da Internet, da Web e das redes sociais. Noções de perícia forense computacional. Aspectos legais de contrato de serviços de TI. Garantias legais de acesso à informação (dados abertos). Aspectos legais quanto a negócios intermediados pela Internet e Web. Crimes virtuais: aspectos legais. Marco civil da Internet, com ênfase no direito à privacidade. Responsabilidade civil oriunda de condutas ilegais na rede.

Objetivos: Apresentar e levantar discussão sobre os fundamentos do Direito aplicado à Internet e à Web. Os estudantes deverão ser capazes de: compreender os fundamentos do Direito; conhecer os aspectos legais do uso da tecnologia da informação; adequar à legislação vigente suas futuras ações na área, bem como seus projetos correntes, alinhando-se ao Projeto Integrador VI.

Bibliografia básica:

PAESANI, L. Direito e Internet: Liberdade de Informação, Privacidade e Responsabilidade Civil. 7. ed. Atlas, 2014.

PINHEIRO, P. P. Direito Digital. 6. ed. Saraiva, 2016.

SALGARELLI, K. C. Direito do Consumidor no Comércio Eletrônico. Ícone, 2010.

Bibliografia complementar:

FIORILLO, C. A. P. Crimes no Meio Ambiente Digital e a Sociedade da Informação. 2. ed. Saraiva, 2016.
VANCIM, A; MATIOLI, J. Direito & Internet: Contrato Eletrônico e Responsabilidade Civil na Web. 2. ed. 2015.

LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. Marco Civil da Internet. Brasília, 2014. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L12965.htm>. Acesso em: 28 jul. 2018.

PINHEIRO, P. P. Direito Digital Aplicado 2.0. 2. ed. Thomson Reuters, 2016.

FEITOSA, A. R. Direito Digital e a Modernização do Judiciário; LTr, 2015.

COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL. Resolução CGI.br/RES/003. Princípios para a Governança e uso da Internet no Brasil. 2009. Disponível em: <http://www.cgi.br/resolucoes/documento/2009/003>. Acesso em: 28 jul. 2018.

LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Lei de Acesso à Informação. Brasília, 2011. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm>. Acesso em: 28 jul. 2018.

TÓPICOS ESPECIAIS EM SISTEMAS PARA INTERNET III (2)

Aulas semestrais: 80 aulas (30 teóricas, 50 práticas).

Ementa: Recursos e aplicações da tecnologia escolhida.

Objetivos: Apresentar tecnologias ainda não estudadas ou aprofundar algum tema visto anteriormente, conforme definido semestralmente pelo Núcleo Docente Estruturante do curso. Os estudantes deverão ser capazes de: conhecer e aplicar tecnologias de uso corrente na região, ou de interesse para seu desenvolvimento profissional em âmbito regional, nacional e internacional; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador VI.

Bibliografias básica e complementar: A ser definida no plano de ensino.

INGLÊS VI (2)

Aulas semestrais: 40 aulas (30 teóricas, 10 práticas).

Ementa: Consolidação do uso das habilidades comunicativas, estruturas léxico-gramaticais e estratégias de leitura e de compreensão oral bem como de produção oral e escrita, trabalhadas nas disciplinas anteriores, com o objetivo de atuar com autonomia e espontaneidade nos contextos pessoal, acadêmico e profissional. Ênfase na oralidade, atendendo às especificidades da área e abordando aspectos socioculturais

Objetivos: Os estudantes deverão ser capazes de: participar de reuniões, discussões e apresentações orais com espontaneidade e autonomia; aprofundar a compreensão de textos acadêmicos e profissionais; concordar e discordar, fazer interrupções para expressar seu ponto de vista; redigir correspondências comerciais com coesão e coerência. Aperfeiçoar entoação e uso de diferentes fonemas da língua de forma a garantir inteligibilidade e fluência nos contatos em ambiente profissional tanto pessoalmente quanto a distância; aplicar as competências desenvolvidas de forma prática, alinhando-se ao Projeto Integrador VI.

Bibliografia básica:

HUGES, J. et al. Business Result: Elementary. Student Book Pack. Oxford University Press, 2012.

IBBOTSON, M; STEPHENS, B. Business Start-up: Student Book 1. Cambridge University Press, 2015.

OXENDEN, C; LATHAM-KOENIG, C. American English File: Student’s Book 1. Oxford University Press, 2008.

Bibliografia complementar:

BARNARD, R; CADY, J; DUCKWORTH, M; TREW, G. Business Venture: Student Book 1 with Practice for the TOEIC Test. Oxford University Press, 2009.

CARTER, R; NUNAN, D. Teaching English to Speakers of Other Languages. Cambridge University Press, 2015.

COTTON, D. et al. Market Leader: Elementary. Student’s Book with Multi-Rom. 3. ed. Pearson Education, 2012.

LONGMAN. Dicionário Longman Escolar para Estudantes Brasileiros: Português-Inglês/Inglês-Português com CD-Rom. 2. ed. Atualizado com as Novas Regras de Ortografia. Pearson Education, 2008.

MURPHY, R. Essential Grammar in Use: CD-Rom with Answers. 3. ed. Cambridge, 2007.

RICHARDS, J. C. et al. New Interchange: Student Book 1. Cambridge University Press, 2008.

PROJETO INTEGRADOR VI (2)

Tema: Empreendedorismo.

Aulas semestrais: 40 aulas (0 teóricas, 40 práticas).

Ementa: Desenvolvimento de plano completo de um novo negócio baseado na Internet como plataforma, como nicho ou como diferencial competitivo, realizando todos os estudos necessários para a implantação da empresa. Integrar, de forma prática, os conceitos e competências das demais disciplinas do sexto semestre. Direcionar os estudantes que demonstrem interesse em produção acadêmica a possíveis docentes orientadores, para que utilizem os projetos como base para elaboração de artigos científicos.

Objetivos: Definição dos projetos, preferencialmente para continuidade do que foi conduzido nos semestres anteriores. Acompanhamento do desenvolvimento, cuidando para que a integração com as outras disciplinas do sexto semestre ocorra de forma adequada. Os estudantes deverão ser capazes de: trabalhar em equipe para o gerenciamento do projeto; controlar o tempo empregado para desenvolvimento das atividades práticas, integrando os conhecimentos adquiridos nas demais disciplinas do curso; realizar as entregas nos prazos estabelecidos; desenvolver integralmente o projeto proposto; realizar apresentação do projeto ao final das atividades, inclusive para outras turmas e outros possíveis interessados, a critério dos docentes envolvidos no projeto e da coordenação.